Casa Boaçava

São Paulo
2014
650m²

Colaboradores Federico Concilio

Esta casa foi desenhada sob-medida para uma família com quatros filhos já grandes que preza tanto os momentos de convívio quanto espaços mais reservados.

Privilegiado com uma vista desobstruída para as copas das árvores de uma praça próxima ao parque Villa Lobos, esse terreno, com seu declive, guiou no posicionamento da casa, que visou aproveitar o melhor das vistas e maximizar as áreas verdes externas.

Acessível por um caminho em meio ao gramado que sobe o leve declive, a casa denuncia suas funções à primeira vista. O térreo, delimitado pela grande laje em concreto aparente, se propõe como continuação e integração dos jardins da frente, com ar mais contemplativo, e o do fundo, pensado para receber família e amigos. Quase imperceptível a separação, feita por grandes panos de vidro que podem ser recolhidos, entre as varandas e a sala de estar e jantar que se integra a grande cozinha. Esta fica escondida atrás de um painel ripado de madeira e, assim como a churrasqueira, pode ser integrada à sala apenas recolhendo as portas camarão. Reforçando a continuidade interno-externo, o painel de madeira cria uma grande caixa que, disfarçando todas suas aberturas, serve de apoio ao andar superior. Neste, as exigências da família são ainda mais claras: os dois blocos, que se diferenciam por materiais e tamanho, abrigam os espaços destinados aos filhos e a área reservada aos pais. Entre eles, a generosa varanda descoberta que se abre para a copa das arvores da praça, que os conecta criando um novo e diferente espaço para conviver.

No bloco menor, de pedra, o quarto principal fica isolado e é acessível por uma escada que se esconde entre a parede da sala e o jardim lateral. Já o bloco maior, em concreto, que hospeda os três quartos, o escritório e a lavanderia é acessível pela escada que conecta todos os níveis da casa, até a garagem, que fica apenas meio nível abaixo da rua.


Fotos Fran Parente